• América do Sul

    Rio de Janeiro, Brasil

    A melhor época para ir ao Rio de Janeiro é entre dezembro e o início de março. Esse período corresponde ao início do verão e vai até o carnaval.

    Rio 40 graus!

    O verão do Rio de Janeiro não é para qualquer um. Entre o final de dezembro e o início de março, as temperaturas ficam em torno dos 40 ºC.

    Com o sol forte, vem as chuvas de verão que podem arruinar qualquer passeio ao ar-livre. Se isso acontecer, procure um museu e espere a chuva passar enquanto vê uma exposição imperdível.

    De março a junho, as temperaturas caem, e os 25 ºC são um alívio pra quem sofreu o verão inteiro.

    O inverno, que começa em junho e termina em setembro, parece uma continuação do outono.

    A temperatura não cai muito, mas os 20 ºC fazem os cariocas usarem cachecol pelas ruas #invernocarioca.

    Visitar a cidade durante a primavera é um convite aos passeios ao ar-livre, como no Jardim Botânico, aterro do Flamengo e Floresta da Tijuca.

    De setembro a novembro, as temperaturas voltam a subir chegando aos 30 ºC, mas as chuvas não são muito frequentes.

    clima-estacoes-do-ano-rio-de-janeiro-brasil
    Frescobol pelas lentes de Elizeu Dias

    Cidade de grandes eventos

    Carnaval

    A data oficial varia entre final de fevereiro e início de março, mas as comemorações começam desde meados de janeiro.

    Fantasias para desfilar em escolas de samba menores podem ser compradas pouco antes do dia do desfile. O ideal é comprar o mais cedo possível e comparecer a pelo menos 1-2 ensaios, para não prejudicar a apresentação.

    Para as escolas mais tradicionais, uma das exigências é comparecer a todos os ensaios, o que inviabiliza a presença de muitos turistas.

    carnaval-sambodromo-rio-de-janeiro-brasil
    Nós levamos um amigo americano para desfilar na Sapucaí e foi uma experiência sensacional!

    Mais que a competição no sambódromo, o carnaval carioca acontece atrás dos blocos de rua.

    Pessoas fantasiadas, muita purpurina e grupos de samba podem ser vistos por todos os lados.

    Reveillon

    O ano novo do Rio é famoso pelo espetacular show de fogos de artifício de Copacabana, e os shows de música gratuitos.

    A praia fica lotada de pessoas, vestidas de branco, realizando seus rituais para um ano próspero.

    Todos os pontinhos na orla e na rua são pessoas em Copacabana.

    Rock in Rio

    A cada dois anos, o Rio vira palco de um dos maiores festivais de música do mundo!

    Apesar de se chamar o Rock in Rio, o evento tem shows de artistas nacionais e internacionais de diversos gêneros musicais.

    rock-in-rio-rio-de-janeiro-brasil
    Milhares de pessoas de todas as idades assistem os shows do Rock in Rio

    Dicas do Cayo e da Debs

    Dicas Gerais

    • O Rio tem uma fama ruim por conta de furtos e assaltos. Evite andar com o celular à mostra e jóias caras pela rua.
    • Evite andar de taxi, tem muito taxista “esperto” por lá. Prefira Uber ou Cabify.
    • Faça um passeio de bicicleta pela cidade.
    • A praia de Copacabana é a mais famosa, mas a de Ipanema é menos cheia e a areia mais limpa. As melhores são as mais distantes, como Joatinga e Prainha.
    surf-praia-rio-de-janeiro-brasil
    Praia vazia no verão, só se for no início da manhã. Foto de Elizeu Dias

    Pra quem curte aventura

    • Existem diversos pontos para fazer voos de asa-delta e parapente.
    • O Rio não é o Hawaii, mas é um bom cenário para surfitas e praticantes de Stand up paddle.
    • Por ser uma cidade cheia de montanhas, é possível escalar e fazer trilhas para ver a cidade de cima.

    Pra quem curte natureza

    natureza-rio-de-janeiro-brasil
    A natureza está por toda a parte, na Cidade Maravilhosa. Foto de Debora Tingley

    Para os viciados em música

    • Todo final de semana, várias escolas de samba abrem suas portas e recebem o público com feijoada e clássicos do samba.
    • Pedra do Sal é um ótimo lugar para ouvir uma roda de samba.
    • O Baile charme de Madureira é um dos mais tradicionais, e as coreografias dos anos 90 continuam fazendo parte da festa.
    • O Circo Voador é uma das casas de show com mais história, no Brasil, e vale a ida a qualquer espetáculo.
    circo-voador-rio-de-janeiro-brasil
    A melhor parte dos shows no Circo Voador é ficar bem perto da banda. Foto por Allan Carvalhorn

    Pra quem gosta de comer (sim, tem loucos que não gostam)

    • Prove as famosas esfihas do Largo do Machado.
    • Tome tacacá no Tacacá do Norte. Você será teletransportado para o norte do país no primeiro gole.
    • Compre um bolo na Fábrica de Bolo da Vó Alzira. É barato, caseiro e muito gostoso. O favorito do Cayo é o bolo de churros #ficadica.
    • Vá a uma das muitas churrascarias espalhadas pela cidade. A mais “bolada” hoje em dia é a Assador.
    • Prove o Brownie do Luiz. Não exatamente o brownie, mas o “veneno da lata” é bom demais!
    • O Restaurante À Mineira tem um belo buffet de comida mineira. Recomendo!

    Onde os locais vão

    • Pra comer peixe: Bar do Peixe ou Siri do Galeão.
    • Comer um salgado: praticamente toda esquina tem uma loja com mesinhas e trocentas frutas. Só ir até o balcão, escolher um salgado e pedir um suco ou guaraná natural.
    • Pra curtir a noite: no final de semana vá para Lapa a partir das 22h, dê uma volta por lá e escolha um lugar pra ficar. As ruas de lá não são muito seguras.
    • Comprar coisas bem baratas (e muitas vezes de qualidade duvidosa): Saara.

    Viagens de um final de semana partindo do RJ

    *A voltagem no Rio de Janeiro é 110V e as tomadas podem ser type C, B e N.


    Quer saber algo específico?

    Moramos a maior parte das nossas vidas no Rio de Janeiro, ainda temos muita coisa pra adicionar nesse post. Mas se você tem alguma dúvida específica ou quer alguma recomendação, é só perguntar nos comentários.

    Compartilhe com seus amigos
  • Destinos relacionados

    Sem comentários

    Deixe um comentário